Como você já pode ver aqui no nosso blog, o CRO (Conversion Rate Optimization) é um conjunto de práticas para aumentar a conversão de um determinado site, de forma a aproveitar melhor o tráfego recebido – sem a necessidade de atrair mais visitantes.

Mas para que essas práticas sejam bem aplicadas, é fundamental entender o conceito e descobrir o momento ideal para implementar a estratégia no seu site. Vamos juntos nesta jornada? 

Neste guia prático, nós vamos desvendar todos esses conceitos – desde a sua definição, seus benefícios, as melhores estratégias e o passo a passo para começar com o CRO. Confira!

CRO: como otimizar uma taxa de conversão?

Antes de falar sobre o CRO, vamos recapitular o que é uma taxa de conversão. Essa métrica muito utilizada no marketing digital para entender o quanto da sua audiência realmente gera algum tipo de resultado para seu negócio. 

O cálculo é simples: basta dividir o número de resultados (que pode ser vendas, leads, inscrições, etc) pelo total de visitas do site. Esse percentual ajuda na tomada de decisões que impactam diretamente os negócios e por isso deve ser acompanhado de perto.

E o CRO vem trazendo justamente a estratégia para otimizar essa taxa, aprimorando o site ou conteúdo para aumentar as conversões – uma alternativa inteligente para trabalhar uma audiência já conquistada. Afinal, quanto maior for a sua taxa de conversão quer dizer que seu site é bem projetado, formatado de forma eficaz e atraente para o seu público-alvo.

Com esse processo de otimização, é possível aumentar seu número de leads altamente qualificados, aumentar a receita, reduzir os custos de aquisição, obter maior valor de seus leads e clientes atuais. Resumindo: o CRO vai te ajudar a crescer melhor. 

É importante ressaltar que a análise da conversão deve ser feita não apenas nas ações que geram receita, mas também com demais ações (como consulta de preço, consumo de conteúdo, entre outros). Desta forma, você vai garantir que seu site seja projetado de forma a converter os visitantes em clientes reais. Com tanto potencial nessas áreas do site, você deve otimizar cada local para permitir conversões.

Vantagens do Conversion Rate Optimization para o seu site

Como vimos, o CRO pode ajudar na otimização em inúmeras páginas, o que trazer uma série de vantagens para o seu site. Para te ajudar a enxergar essas vantagens, separamos por quatro áreas do site que devem ser analisadas de perto para otimizar a conversão, independente do mercado em que você atua.

Página Inicial

O CRO é ideal para ser aplicado na página inicial. Isso porque quando essa página é otimizada, a primeira impressão do visitante ao entrar no seu site se torna muito melhor. Além disso, uma página inicial bem estruturada tem mais chances de reter o cliente e direcioná-lo para outras ações.

Uma forma de fazer isso é enfatizar os links para informação de produtos, por exemplo, ou com um botão de inscrição gratuita. Outra alternativa muito em alta é a incorporação de um chatbot para auxiliar o visitante com suas dúvidas, melhorando sua experiência de navegação.

Página de preço

A página de preço é uma das principais páginas de entrada de um visitante e por isso deve estar na sua lista de prioridades de conversão do site. Quando aplicadas estratégias de CRO, essa página se torna mais atrativa. 

Um bom exemplo é que o CRO pode ajudar com a modificação da faixa de preço, com uma boa descrição dos recursos do produto associados a cada preço ou então ao incluir um número de telefone ou botão de Whatsapp para os visitantes solicitarem uma cotação de preço.

Blog

Não é apenas o SEO que deve ser aplicado no Blog – quando há uma estratégia de CRO, você consegue gerar muito mais leads. No entanto, se não investir em um conteúdo de qualidade, esta técnica não vai fazer milagres. 

Com o CRO é possível melhorar o CTA dos textos. Você pode convidar os leitores a aprender mais sobre um tópico enviando seu endereço de email em troca de um e-book ou relatório do setor, por exemplo. 

Páginas de destino

As páginas de destino são aquelas que foram projetadas unicamente para o visitante executar uma ação específica. Para otimizar uma página de destino de um evento, por exemplo, você pode adicionar um vídeo com o resumo da edição anterior para que o usuário tenha ainda mais interesse em fazer sua inscrição.

No caso de uma página de destino com um conteúdo gratuito, uma boa dica de otimização é inserir um conteúdo de visualização deste recurso para incentivar os visitantes a fazer o download.

O CRO é ideal para o meu negócio?

Se a sua empresa vem investindo em um site de qualidade, a resposta sempre será afirmativa. Afinal, é com o conjunto de técnicas de CRO que você será capaz de converter seus visitantes em leads qualificados, clientes e defensores da marca, fazendo isso de forma eficaz, impactante e confiável.

Quando o CRO é aplicado, você terá a chance de aproveitar o tráfego já existente no seu site, o que vai garantir um usuário ainda mais qualificado. E quando essa estratégia é bem aplicada, os custos com divulgação podem até diminuir com o tempo.

Um dos grandes desafios neste momento é definir uma taxa de conversão que seja atingível. Afinal, no CRO o cálculo é realizado de forma percentual, e não em números absolutos. 

Para te ajudar nesse momento, confira agora 3 fórmulas usadas com freqüência para sua empresa usar para entender, analisar e otimizar o site.

1: Taxa de conversão

Essa fórmula já foi citada anteriormente neste artigo, e ajuda muito não só no CRO mas em inúmeras análises no marketing digital. Para ter o percentual correto, basta dividir o número de conversões (ou leads gerados) pelo total de visitantes. Para obter a porcentagem, basta multiplicar o resultado por 100.

Taxa de conversão:

Número de leads / total de visitantes * 100

2: Novos clientes líquidos

Calcular o número de clientes líquidos vai te ajudar a entender o potencial de angariar novos clientes e, posteriormente, convertê-lo. Para isso, você deve dividir sua meta de receita líquida pelo preço médio de venda.

Total de novos clientes líquidos:

Nova meta de receita / preço de venda

3: Meta de lead

Com a meta de lead calculada, você será capaz de saber o que exatamente é preciso entregar mês a mês. Aqui, o objetivo não é traçar um valor inalcançável ou muito baixo, mas sim encontrar um valor equilibrado. O cálculo também é simples: divida o número de novos clientes pela taxa de lead-to-customer. 

Meta de lead:

Novos clientes / taxa de lead-to-customer

Estratégias de CRO para aplicar a partir de agora

Se você ficou interessado em aplicar o CRO na sua empresa, fez uma ótima escolha. Afinal, uma opção inteligente para aumentar a conversão é otimizar os usuários que já visitam a sua página. 

A seguir, listamos algumas orientações que você já pode começar a aplicar nas suas páginas. Os resultados são surpreendentes.

Estratégia 1: Criação de CTAs nos artigos do seu blog

Mais do que nunca, é hora de enxergar o seu blog como uma verdadeira ferramenta de conversão. Com um texto bem elaborado, de acordo com os interesses do seu público-alvo, uma forma bem interessante de aumentar a sua conversão é com um CTA bem estruturado.

Quando esse call to action é implementado em forma de banner, muitas vezes ele passa despercebido pelo usuário. Essa “cegueira de banner” que muitos possuem se deve ao fato do constante ato de ignorar banners em sites. Como resultado, o visitante mal lê o que aquela imagem quer dizer.

Comece criando CTAs baseados em texto, com uma linha independente e denominada de H3 ou H4. Depois, faça um teste e perceba de desta forma a conversão aumenta. Também vale mudar a localização, evitando deixar sempre no final do texto. 

Estratégia 2: Adicione fluxos de leads no seu blog

Outra estratégia que funciona bastante nos blog são os fluxos de leads – pop-ups de alta conversão, projetados para atrair atenção e agregar valor. 

São inúmeras opções de fluxos, que podem ser caixas deslizantes ou um banner suspenso. Aqui, a melhor forma de entender qual opção é a ideal para seu negócio é por meio de testes. 

Estratégia 3: Faça testes na sua página de destino

Nem é preciso dizer sobre a importância das páginas de destino, não é mesmo? Tão utilizadas em estratégias de marketing digital, elas são essenciais para aumentar a taxa de conversão. 

Isso porque uma página de destino bem estruturada permite o usuário se tornar um lead ainda mais engajado com a marca. Para entender qual é a melhor alternativa para determinada ação, os testes A/B são fundamentais. 

Por meio dessa alternativa,é possível testar de forma rápida e prática diferentes versões dessa página, com ofertas de conteúdo, imagens, perguntas de formulário e outras páginas para determinar qual é o melhor público-alvo e leads.

Estratégia 4: Qualificação de leads

Para bater a sua meta de leads de fato é preciso que eles sejam qualificados – e é isso que vai te ajudar a estruturar uma campanha de qualidade. Existem ações específicas que você deve incentivar esses visitantes de alta intenção a concluírem, para que possam se tornar os tão sonhados leads qualificados. 

Para isso, você pode criar uma jornada de conversão, combinando páginas cuidadosamente projetadas para tal ação. Uma dica para quem oferece a assinatura de um serviço, por exemplo, é oferecer uma degustação do produto. Geralmente, as taxas de qualificação dessas pessoas são mais altas. 

Ao analisar esse comportamento, é possível otimizar o site e os caminhos de conversão para essas pessoas solicitarem um trial de forma online ou por meio de um contato com um atendente. A melhor forma de definir o melhor caminho para seu produto é  executar uma série de testes para descobrir o que gera mais clientes e, em seguida, otimizar o processo. 

Estratégia 5: Otimize os fluxos de trabalho 

As ferramentas de automação são ideais para que o fluxo de trabalho seja mais simples e sua equipe possa ficar de olho em diversas análises, sem perder tempo durante o processo de otimização. 

Com essa automação é possível, por exemplo, enviar emails automáticos com fluxos de trabalho. Com isso, os contatos podem agendar uma reunião a apenas um clique. Na outra ponta, os os representantes recebem notificações quando os leads executam ações de alta intenção, como visualizar a página de preços em seu site. 

Quem trabalha com e-commerce, por exemplo, ainda pode usar a automação para enviar emails personalizados para cada usuário que abandona o carrinho de compras. 

Estratégia 6: Adicione mensagens com alta conversão

O chat online para suporte é um grande exemplo para essa estratégia – não é à toa que os bots estão em alta e são cada vez mais aprimorados. Para aumentar as conversões, adicione esses recursos de mensagens às suas páginas de alto desempenho, como preços e páginas de produtos, para que os leads obtenham as informações desejadas em tempo real.

Além das perguntas, também é possível programar que os bots enviem mensagens de acordo com ações executadas. Por exemplo, se alguém passou mais de um minuto na página, você pode oferecer automaticamente uma ajuda para responder suas dúvidas. 

Estratégia 7: Otimize seus artigos com melhor desempenho

Você já deve saber que um blog de qualidade, com artigos bem escritos, é uma porta de entrada para uma grande oportunidade de conversões. Por isso, vale fazer uma análise dos conteúdos que mais geram tráfego para seu site e otimizá-los.

Para isso, identifique suas postagens com o maior número de visitas, mas com baixas taxas de conversão. Depois, comece a otimizar a página, com técnicas de SEO e um CTA de qualidade. 

Como começar a implementar o CRO

A melhor forma de iniciar a estratégia de CRO é por meio da estrutura PIE. Ou seja, priorize seus esforços classificando cada elemento em Potencial, Importância e Facilidade. 

Com essa estrutura em mente, atribua uma pontuação entre um e 10 (sendo o mais baixo e 10 o mais alto) a cada estratégia, respondendo às seguintes perguntas: 

  • Quais melhorias esse projeto pode receber?
  • Qual será o valor dessas melhorias?
  • Qual o nível de complexidade para implementar essa melhoria?

Depois, some os números e divida o total por três – o que vai fornecer uma pontuação que mostra qual projeto terá maior impacto. Isso vai te ajudar a entender quais projetos devem ser priorizados. 

São diversas práticas recomendadas para aplicar o CRO, mas a melhor forma de começar é descobrir o que seus clientes buscam e o que gera resultado para seu negócio. 

Para não errar, vale se lembrar dessas 3 ações:

  • Use as três fórmulas para iniciar a conversa de CRO;
  • Experimente estratégias de CRO para descobrir o que funciona para o seu negócio;
  • Aproveite a estrutura PIE para ajudar a priorizar sua estratégia.

Precisa de ajuda para estruturar uma estratégia de alto nível para ter mais resultados? Conte com a Superstorm!

Write A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.