Redes Sociais: estar ou não estar, eis a questão!

Redes Sociais: estar ou não estar, eis a questão!

Estar nas redes sociais é uma necessidade para todas as marcas, mas essa máxima deve levar em consideração dois pontos principais:

  1. Não é porque preciso trabalhar a presença digital da minha marca que, obrigatoriamente, tenho que estar em todas as redes sociais.
  2. Não é porque dizem que eu tenho que cuidar da presença digital da minha marca que eu preciso estar em alguma rede social.

Em relação ao 1º ponto, a gestão da presença digital deve ser feita, desde o início, de maneira estratégica. Não basta pedir para um “sobrinho”, que é heavy user, abrir uma página para a marca em todas as redes sociais e, aleatoriamente, postar conteúdos.

É necessário que haja um planejamento para que se defina linha editorial, a frequência na qual o conteúdo será postado e o tom de voz que será utilizado nas legendas desses conteúdos e na interação com o público-alvo. Mas não é só isso. É de extrema importância que se conheça o mercado, o público da sua marca e, também, que se trace os objetivos dela, sendo possível definir em qual rede social estará presente.

Se for uma marca de produtos, por exemplo, pode fazer sentido estar no Instagram. Se for uma marca de serviços, talvez o Instagram não seja a melhor opção. Se for uma marca voltada para o público mais jovem, o LinkediN pode não gerar o alcance esperado, ao contrário do que pode acontecer se for uma marca voltada ao mundo corporativo.

Esses são apenas alguns exemplos para mostrar que é necessário pesquisar e definir estrategicamente em quais redes sociais vale a pena investir, excluindo o pensamento: “tenho que estar lá porque todo mundo está.”.

Agora, vamos entender o 2ºponto: embora as redes sociais sejam excelentes canais de comunicação, relacionamento e divulgação, pode acontecer, dependendo do segmento do seu negócio, que elas não sejam tão efetivas para a sua marca.

Se, após análise estratégica, a decisão for a de não estar presente nas redes sociais, é importante, apenas, saber que é possível que o seu público te coloque nas redes sociais, seja citando a sua marca para elogiá-la, criticá-la ou pedir opiniões sobre ela para outros usuários.

Por esse motivo, independentemente da decisão ser estar ou não presente nas redes sociais, é de extrema importância que haja o monitoramento constante do que os outros possam falar da sua marca, evitando, assim, crises por falta de interação e acompanhamento.

E sempre, sempre zelar pelo bom atendimento, pelo bom produto/serviço e tomar decisões, sejam elas quais forem, com embasamento estratégico.

Tânia d'Ávila

Ansiosa como uma legítima paulistana e autêntica como uma verdadeira relações-públicas. Chocólatra, taurina e são-paulina. Apaixonada pelo mundo das marcas, tem experiência em planejamento estratégico de branding, relações públicas e marketing digital. É consultora de comunicação e escreve artigos relacionados à área. É graduada em Comunicação e Marketing com ênfase em Relações Públicas pela FAAP, pós-graduada em Marketing e Comunicação Integrada pelo Mackenzie e cursou Docência e Metodologia de Ensino Superior pela FGV.

Related Posts
Leave a reply