Por que investir em Inbound Marketing?

Por que investir em Inbound Marketing?

Investir em estratégias de marketing é uma das formas mais certas para gerar lucro para a empresa. Muitos empreendedores ainda preferem os meios tradicionais para investir, como mídia impressa, outdoor, comunicação de massa, rádio, jornal e TV. Entretanto, é cada vez mais comum o investimento e procura pelo marketing digital através de publicidade em redes sociais, SEO, marketing de conteúdo e outros.

No Brasil, apostar no Inbound Marketing ainda é visto como uma inovação, diferentemente de países como os Estados Unidos, onde esse tipo de estratégia já é uma realidade. O fator principal para esse cenário estar acontecendo é simples: já é estatisticamente comprovado que o retorno de investimento do novo marketing é maior do que o do marketing tradicional.

Ainda assim, existe uma resistência grande para se optar pelo Inbound como estratégia. As respostas apontam para questões bastante subjetivas ou, pelo menos, pouco convincentes. A realidade é que o marketing de atração é uma tendência praticamente irreversível. Entenda por quê.

O que é Inbound Marketing

Caso não esteja claro para você ainda do que se trata esse termo, é bom começar por aqui. Citado por muitos como marketing de atração ou novo marketing, o inbound é uma maneira de atrair seus clientes potenciais – as buyer personas – através de conteúdo do interesse deles e não mais através de propaganda direta e invasiva.

Em outras palavras, é fazer com que o seu cliente vá até você e não o contrário. Isso quer dizer investir em marketing de conteúdo, por meio de blogs, podcasts, vídeos, SEO e outras ferramentas que façam o seu público-alvo encontrar sua empresa por interesse pessoal e não pelo produto ou serviço que oferece. Saiba mais neste link!

Por que as empresas ainda não investem em Inbound Marketing

Uma das verdades mais clássicas no mundo empreendedor é a resistência a mudanças. Independentemente do setor da empresa, resistir faz parte do instinto humano, por questões de autoproteção e sobrevivência.

E não é diferente quando o assunto é apostar em marketing de atração. Primeiro, é válido lembrar que a mente humana é movida à emoção e não fundamentada na razão, como muitas vezes parece ser.

Para se ter uma ideia, tenha em mente seus investimentos em marketing até hoje. Pense em quantas vezes investiu em marketing tradicional e não obteve retorno – mas ainda assim continuou investindo. E quantas vezes inovou ou mudou a estratégia?

É comum que o marketing tradicional já não traga tanto resultado positivo para sua empresa, ou ainda que traga, mas nem sempre da forma realmente esperada. Com o tempo, os seus clientes mudaram e também a forma de os atingir. O marketing tradicional pode até manter sua empresa, mas não a faz crescer.

É aqui que entra o Inbound Marketing. Estamos na era da inovação e do consumidor exigente, o que requer um passo-a-passo na hora de conquistá-lo, e um bom planejamento em marketing de atração mostra resultados de escala, isto é, quanto mais você produz, maior é o seu alcance potencial.

Analise os dados:

A fonte é a gigante HubSpot:

• 92% das marcas que postam diariamente em seus blogs conquistam novos clientes através do blog.

Redes sociais convertem leads em clientes 100% mais que o Outbound Marketing, ou seja, a estratégia tradicional de marketing, em que a marca é ativa no processo de prospecção de clientes.

• Empresas com mais de 30 landing pages geram sete vezes mais leads do que marcas com menos de dez landing pages.

• Os leads do novo marketing custam 60% menos que leads conseguidos pelo Outbound.

• Os leads que recebem conteúdo por meio da nutrição (técnica de enviar conteúdo de forma automatizada) finalizam compras 47% maiores do que os leads não nutridos.

Por que investir em Inbound Marketing

1. Os consumidores de hoje em dia não aceitam mais publicidade invasiva – e sabem como evitá-la

As ferramentas para bloquear as propagadas invasivas na internet têm sido as maiores inimigas do marketing digital. Os Adblockers vieram para ficar e ajudar quem não quer receber propaganda digital invasiva. Esse tipo de publicidade geralmente interrompe o internauta, especialmente se aparece na forma de pop-up.

Logo, o pensamento é lógico: as pessoas em geral não gostam de anúncio. Por melhor que ele seja, o internauta não quer vê-lo e o anúncio acaba, portanto, atrapalhando a navegação da pessoa na rede. Isso vale para qualquer modelo de propaganda direta que está na sua mente, ou seja, Outbound Marketing.

Por isso mesmo, as pessoas fazem questão de instalar um bloqueador de anúncios no navegador – o que é perfeito para elas e péssimo para os anunciantes tradicionais. Sabendo disso, uma solução é investir na produção de conteúdo que atraia o seu público potencial, assim, ele mesmo procurará sua empresa nos sites de busca.

2. O seu público ideal vai procurar sua empresa e não mais o contrário

Produzir conteúdo relevante é a base de todo marketing de atração, de maneira que auxilie seus leads e consumidores a encontrarem respostas para seus problemas e demandas. Para isso, é preciso estar munido de uma equipe com alto conhecimento no seu segmento.

Assim, ela produzirá conteúdo que solucione as inquietações primordiais do seu público-alvo, antes mesmo de se iniciar uma abordagem comercial propriamente dita. A tendência é sua empresa se tornar referência para seu cliente potencial, quem, portanto, a procurará no momento de decisão de compra.

Uma opção para quem tem uma equipe especializada reduzida é contratar uma agência ou consultoria profissional para manter a constante e adequada presença da empresa na internet. A produção de conteúdo para quem quer ver resultados no Inbound Marketing deve ser ininterrupta e eficiente.

Vale lembrar ainda a importância de otimizar o conteúdo para os mecanismos de busca. Ao produzir um texto com as mesmas palavras que o seu consumidor potencial está buscando no Google, por exemplo, torna-se muito mais fácil ele encontrar o conteúdo de sua empresa.

3. O custo é menor que o Outbound Marketing

Parece um bom motivo, não é mesmo? Novamente citando a HubSpot, pesquisa mostra que investir em Inbound Marketing custa 62% menos do que Outbound Marketing. O estudo coloca ainda que 32% das empresas estão migrando do marketing tradicional para o Inbound Marketing.

Sandra Turchi

Sandra Turchi é Sócia-diretora da Digitalents (www.digitalents.com.br). Consultora e palestrante sobre Marketing Digital e E-commerce. Professora nos MBAs da FGV, FIA e ESPM, onde coordena cursos na área digital desde 2008. Foi eleita uma das profissionais de marketing mais atuantes nas mídias sociais no mundo, pela SMMagazine, dos EUA. Foi executiva de Marketing por mais de 20 anos, tendo atuado em diversos segmentos. Bacharel em Administração pela USP, pós-graduada pela FGV e MBA pela BSP e Toronto University, cursou também empreendedorismo na Babson de Boston. Autora do livro Estratégias de Marketing Digital e E-commerce, lançado pela editora Atlas e do blog www.sandraturchi.com.br, além de ser articulista de diversos portais.

Related Posts
Leave a reply