Uma explicação descontraída sobre o que é inbound marketing

Explicação descontraída sobre o que é Inbound Marketing

Foi durante uma reunião de apresentação da Agência que ouvi a melhor explicação possível sobre inbound marketing.

Precursor do método inbound no Brasil, o Andre, diretor da Agência, vem buscando diferentes formas de explicar tamanha inovação, e isso não tem sido uma tarefa muito fácil. O desafio ganha um grau a mais de dificuldade por ele ser americano e, portanto, ter que tropicalizar os conteúdos de sucesso já existentes dos Estados Unido para adequar a nossa cultura e mercado.

Existem inúmeros conteúdos disponíveis, são guias, e-books, whitepapers e centenas de artigos que explicam o que é inbound marketing e porque ele é uma excelente estratégia para aumentar oportunidades de negócios. Mas mesmo com tudo isso, ele ainda é uma novidade para muitos profissionais de marketing e muitas vezes demanda de um toque especial para ser apresentado, e foi exatamente isso que aconteceu.
A nossa anfitriã, gerente de marketing da empresa que estávamos visitando, estava muito animada com todos os dados incríveis da nossa apresentação. Ela estava desvendando o universo inbound e dava para ver que ela já projetava ações futuras a cada novo slide, mas ainda assim eu via um ponto de interrogação em sua expressão.

Foi então que ela disse: Mas se eu tenho bastante tráfego, porque preciso de tanto esforço?

E o Andre respondeu: Porque você está pedindo alguém em casamento sem nem sequer namorar a pessoa. Você não a conhece, nunca a convidou para sair, não a paquerou e nem conheceu a família, deste jeito você seguramente vai ganhar um não. Pior que isso, ela (e) vai te achar completamente maluco e invasivo, e o resultado desta abordagem vai ser desastrosa.

O que a empresa estava fazendo? investindo um monte de dinheiro no Adwords e Facebook Ads, gerando bastante tráfego e esperando alguém “pedir um orçamento” ou “entrar em contato”.

E então ela viu o sentido de todas as ações propostas em uma estratégia de inbound, mas de uma forma mais descontraída, mais inteligente baseado no comportamento humano e da forma que seus visitantes querem ser tratados.

É preciso criar relacionamento com seus potenciais clientes antes de fazer sua oferta de vendas. Gleanster reporta que 50% dos leads qualificados não estão prontos para comprar imediatamente. Isso significa que você precisa ajudá-los a ficarem prontos para comprar com conteúdo educativo por meio de uma série de e-mails (e telefonemas) estrategicamente criados e programados para ajudá-los a ficarem próximos da compra.

Isso é inbound marketing. É muito mais do que só gerar tráfego e rezar para vendas.

Pronto para começar esse relacionamento? Vamos conversar!

Este artigo foi escrito originalmente pela Agência Inbound, para conferir o artigo original acesse:
http://blog.inboundmarketingdigital.com.br/uma-explicacao-descontraida-sobre-o-que-e-inbound-marketing

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.