Educação Corporativa: Como engajar sua equipe?

Educação Corporativa:  Como engajar sua equipe?

Em meio a um cenário repleto de desafios na melhoria da qualificação de profissionais e na retenção de talentos no Brasil, a educação corporativa surge como uma alternativa cada vez mais adotada pelas empresas dos mais diversos portes. Nós sabemos que investir nesse segmento é uma das melhores soluções para o mundo empresarial. Os motivos são inúmeros, além de ajudar na redução de custos – muito importante nesse momento de economia desacelerada – o EAD (educação à distância) ainda permite a exclusão de barreiras físicas e geográficas, além de oferecer aos colaboradores uma maior flexibilidade de estudo.

Pensando nesse cenário, investir em estratégias para manter seus colaboradores conectados e interessados no conteúdo é extremamente importante e pode ser o diferencial entre um curso de sucesso e uma perda total de investimento. Por isso, listei cinco estratégias fáceis e rápidas para engajar seus colaboradores com seu conteúdo na prática:

Mantenha seu material relevante

Quando se trata de educação corporativa à distância, o primeiro passo é garantir que seus conteúdos sejam relevantes e que acrescentem algo a vida e ao trabalho dos colaboradores. Portanto, antes de começar a apenas criar conteúdo de forma descontrolada, faça um estudo de seu público, entenda do que ele precisa, quais seus interesses e pontos a serem desenvolvidos e, principalmente, entenda seu nível educacional. Tentar educar com conteúdo muito abaixo ou muito além dos conhecimentos e capacidades de um determinado público é um dos erros mais comuns e prejudiciais ao engajamento do aluno com o conteúdo;

Crie recompensa de aprendizado

Gamification é uma tendência cada vez mais forte quando se trata de EAD e, mais do que pelo fator diversão, essa estratégia é muito eficaz e consegue aumentar muito o nível de engajamento dos alunos, por focar em fatores como feedbacks rápidos, dinamicidade, estímulo a competitividade e distribuição de recompensas tangíveis. Oferecer incentivos para que os alunos estudem, mais do que uma forma de recompensá-los pelo aprendizado, tempo e esforço investidos, é uma forma incrível de incentivar os colaboradores a se dedicarem e ainda oferecer feedback e retorno positivo sobre o que eles estão apresentando;

Encoraje a colaboração e os trabalhos em grupo

Uma empresa é como uma grande fábrica que, para funcionar, precisa que todas as engrenagens trabalhem juntas e colaborem umas com as outras. Sem um trabalho em conjunto, sintonizado, em que todas as áreas visem os mesmos objetivos, a companhia pode perder muito de sua eficiência e acabar tendo prejuízos não só financeiros, mas também culturais e de clima organizacional. Portanto, nas ações de treinamento e desenvolvimento é importante sempre incentivar a interação entre todos os membros da empresa e também a realização de atividades em grupos que envolvam pessoas de áreas diferentes;

Aposte em interatividade

É importante investir na interatividade em diferentes níveis para que os alunos se mantenham engajados e interessados no conteúdo. Isso pode ser alcançado de diversas formas, como por exemplo, apostando em vídeos online, que por si só já chamam atenção e geram mais engajamento do que textos ou imagens, abrindo fóruns de discussão sobre o conteúdo, possibilitando que os alunos interajam uns com os outros e também com o professor. Outro ponto importante é a influência da internet e das redes sociais no dia-a-dia das pessoas. Para ter um ambiente corporativo engajador e interativo é necessário que você leve essas características para o conteúdo e o ambiente de aprendizagem. Um colaborador que usa Instagram, Facebook, Snapchat, por exemplo, jamais vai se motivar a aprender algo em um sistema “quadrado” e antiquado. Portanto, investir em algo leve, mais informal, dinâmico e de fácil acesso é essencial para conquistar esse público;

Seja multi device

Durante o curso, incentive que seus alunos usem os próprios dispositivos, com os quais eles já têm familiaridade, e que estudem com eles onde e quando acharem mais apropriado. Isso tira o peso de ter que estudar sempre no mesmo dia, horário e lugar e faz com que as aulas sejam encaradas menos como uma obrigação e mais como algo leve que vai ser desenvolvido por livre e espontânea vontade. Dessa forma, os colaboradores não precisam interromper ou atrasar suas tarefas na empresa para estudar e, então, poderão se dedicar mais e se aprofundar em cada conteúdo ensinado.

Para finalizar, ao aplicar algumas dessas técnicas, de acordo com a realidade e as necessidades de sua empresa, você garante que suas ações de treinamento e desenvolvimento não serão um fracasso. Além disso, consegue estimular o crescimento pessoal e profissional de seus colaboradores.

Gustavo Caetano

Gustavo Caetano é CEO da Samba Tech, que ajuda centenas de empresas a se comunicar melhor com sua audiência por meio de vídeos online. Suas soluções de Educação a Distância, Comunicação Corporativa Transmissão ao Vivo e TV na Internet cuidam de ponta a ponta, desde o momento que o vídeo sai da câmera até ele ser distribuído para qualquer aparelho conectado à internet. Através da tecnologia de streaming, a empresa leva o conteúdo de seus clientes a milhares de pessoas, tornando mais democrático o acesso a uma mensagem de qualidade.

Related Posts
Leave a reply