Estamos em um mundo atual, onde é muito mais fácil atrair pessoas interessadas no que você têm a oferecer (compradores) pela internet, do que no mundo offline.

Qualquer negócio que se prese, PRECISA ter uma presença digital. O custo para atrair clientes é muito baixo, se comparado ao mercado offline (anúncios, mídias, panfletos, etc). Mas parece que todos os empresários, pequenos e médios negócios, profissionais liberais, já sabem disso.

O que fazer de diferente? Como sair do meio da “manada” e buscar um diferencial? Onde anunciar ou o que fazer para ter um negócio de destaque? Ainda há oportunidades para quem não começou?

Com certeza, há sim diversas oportunidades e é bem possível “nadar de braçada”. É fácil? De forma alguma. Você, como um empresário que está começando ou ainda buscando a melhor maneira de começar, precisa abrir os olhos e achar oportunidades pouco exploradas (ou mal exploradas).

Vamos então, aprender um pouco sobre como começar um negócio onde não parece ter espaço para os “peixes pequenos”.

Há alguns meses atrás, li um livro chamado “A Startup de U$100”. Esse livro, conta a história de algumas centenas de empresários que com pouco (ou quase nenhum) investimento, fizeram negócios que hoje dão algumas centenas de dólares. Alguns, chegam a faturar seis dígitos anuais.

Qual o “grande” diferencial deles para “nós”? Nenhum. Aliás, atitude para começar e tentar se arriscar. Eu recomendo fortemente que se você também deseja começar um pequeno negócio, que você dê uma olhada nesse livro. Pode ser tão útil, quanto foi para mim. Comece lendo a resenha aqui.

O que fazer antes de começar um negócio digital?

A primeira coisa que você deve ter, antes de mais nada, é a noção que se você for um empreendedor que deseja resolver todos os problemas de todas as pessoas, você sempre será mais um na multidão.

É importante que você comece analisando apenas um público específico e a partir dele, você descubra uma dor específica (apenas uma, para começar o seu negócio).

Por exemplo, vou contar o meu caso. Já trabalhava há 4 anos com marketing digital e decidi que estava na hora de começar meu próprio negócio. E fiz exatamente o que estou propondo o que você fizesse.

Comecei a buscar um público-alvo específico. Encontrei o público de nutricionistas. Com meu público em mãos, comecei a analisar suas dificuldades e vi que, realizar marketing (divulgar seus serviços e consultório), era uma atividade que elas sofriam muito. A boa notícia, é que eu sabia exatamente como fazer isso.

Tendo um público-alvo e um problema específico, ficou mais fácil começar o trabalho. Mas claro, nunca ninguém compraria nada de mim, se elas não me conhecessem e confiassem no meu trabalho. E é exatamente o que você deve fazer, após selecionar o seu público: trabalhar na construção de autoridade.

Se você já tem um público-alvo e uma dor específica, você deve buscar a melhor rede social que esse público-alvo se encontra:

É no:

Facebook?

Instagram? Veja como ganhar seguidores no Instagram.

Youtube?

Snapchat? Veja como ele têm sido usado para negócios.

Essa é uma decisão que só cabe a você tomar. Se não sabe, comece a procurar por seu público-alvo. Mas se concentre em encontrar a melhor e mais “lotada” do seu público-alvo.

Comece a trabalhar conteúdo de qualidade. Antes de vender alguma coisa, coloque muito conteúdo disponível. Resolva pequenos problemas específicos desse público-alvo para que você ganhe notoriedade e essas pessoas comecem a falar de você.

Vá trabalhando sua autoridade, vá cuidando do conteúdo, vá interagindo, promova promoções (eu dei consultorias e serviços gratuitos para conseguir depoimentos). Enfim, faça com o que o seu público-alvo te conheça e conheça o seu rosto.

Quanto mais você estiver presente “na vida deles”, mais fácil será para vender seu produto/serviço.

Quando Você Deve Começar a Vender?

Após você ter trabalhado bastante na sua autoridade e automaticamente as pessoas começarem a te perguntar sobre serviços, consultoria e etc, essa é a hora que você começa a vender.

Antes disso, você ainda não estava pronto. Pense como uma fruta, você precisa esperar que ela amadureça antes de comê-la. Correto?

A construção de autoridade para um negócio digital é a mesma coisa. Não tente quebrar etapas, pois você pode amargurar um negócio que não dá resultados.

O meu mentor, Neil Patel, sempre diz para começarmos oferecendo muito conteúdo para os nossos possíveis consumidores, transforme a vida deles de maneira gratuita, com conteúdos, vídeos e o que for.

Faça com que essas pessoas gostem de você e somente então, ofereça-lhes alguma coisa. Os resultados podem ser muito satisfatórios.

O Começo do seu Negócio

No começo, provavelmente você não venderá muito e isso é absolutamente normal. Mas não se preocupe, isso faz parte do trabalho.

Você já tendo construído uma autoridade e se tiver um funil de vendas rodando de maneira automática, é só começar a trabalhar nos anúncios pagos para agilizar e começar a escalar o seu negócio.

Em alguns passos (que não são tão simples quanto parecem), você começa a construir seu negócio digital e parte em busca de trabalhar feliz, de qualquer lugar e de maneira completamente digital.

Conclusão

Não é simples e nem tampouco fácil a criação de um negócio digital. Mas a verdade é que é muito satisfatório ter o seu trabalho no automático em sua maioria e trabalhar apenas com as pessoas e com coisas importantes.

Pode parecer difícil para dar medo em algumas pessoas e fazê-las desistir. Mas não se permita isso, continue firme pois os resultados uma hora virão. Eles sempre vêm.

Se quiser acompanhar o meu trabalho, basta acessar o portal da minha agência Insta de Sucesso, que trabalhava com Marketing no Instagram.

Acesse o Instagram do Rafael Querido: https://instagram.com/queridorafa/

Write A Comment