Viralizar conteúdo: é possível seguir uma receita?

Viralizar conteúdo: é possível seguir uma receita?

A pergunta se repete uma, duas, três mil vezes: o que faz um texto, uma imagem ou um vídeo ganhar repercussão na internet? A resposta exata, se alguém a tiver, provavelmente será uma falácia. Mesmo assim, nunca é demais ouvir a opinião de quem trabalha diariamente observando o pulso da comunicação na internet.

Lilian Ambar, Gerente de Conteúdo e Especialista em Mídias Digitais da Tyngu, empresa de cursos online sobre Marketing Digital, é uma dessas pessoas que tenta entender o fenômeno da viralização online. Veja o que ela diz:

#1 É possível prever se um post vai viralizar?

Na maioria das vezes, viralizar é algo imprevisível. Quem poderia prever que a família “Para Nossa Alegria” iria fazer tanto sucesso? Sem contar outros vídeos e memes que surgem todos os dias na internet. Mas é claro que há fatores que podem dar um empurrãozinho: temas polêmicos sempre têm mais chances de atrair a atenção do público e ganhar as redes sociais; assuntos de oportunidade também podem viralizar com mais facilidade. E não faltam exemplos para ilustrar isso, como o post do Giraffas, que entrou no desafio que o Burger King fez ao MC Donalds. Foi uma bela sacada, que aumentou não só a visibilidade da marca, que passou a ser conhecida mundialmente, como também levou milhares de pessoas a seguirem a página do Giraffas no Facebook. Criatividade e qualidade do conteúdo são outros fatores que entram nessa lista. 

#2 E se alguém famoso postar o conteúdo? Tem mais chances de viralizar?

Acho que viralizar tem mais a ver com a relevância do conteúdo, ou seja, depende mais do que aquilo que foi postado irá representar para as pessoas que vão ver.  Mas é inegável que se um destes perfis influenciadores decidir compartilhar algo, isso acaba sendo um empurrão e tanto para viralizar. O tom certo e o estar no lugar certo e na hora certa é que são o grande mistério! Lembra do “Senhora… Senhora”, o bordão que ficou famoso quando uma repórter tentou entrevistar uma mulher que não trabalhava, mas batia o cartão de ponto na Assembléia Legislativa? Pois então, muita gente “famosa” compartilhou e a onda foi virando tsunami. Havia relevância para quem viu a postagem? Sim, havia. Aquele conteúdo fez muita gente dar risada (e um conteúdo realmente engraçado é relevante), mas não apenas isso: ele também funcionou como uma vingança da população contra a mulher que se beneficiava do dinheiro público. Prato cheio.

#3 Qual Mídia Social facilita a viralização?

O Facebook sempre chama mais atenção, principalmente pelo número de usuários ativos na plataforma; mas o YouTube também tem sido responsável por viralizar conteúdos.

#4 Quais outros itens favorecem a viralização? O que é preciso observar se quiser viralizar?

Há uma série de fatores, inclusive em relação ao tamanho/duração dos conteúdos. Mas, em linhas gerais… fique atento aos assuntos do momento. De repente você pode pegar carona em algum deles e se dar bem; Capriche no conteúdo. Falar a língua do público que você quer atingir é fundamental; Seja espontâneo, leve e bem humorado. As pessoas gostam disso na internet; Uma imagem vale mais do que mil palavras. Então, capriche no visual; Só entre em temas polêmicos se isso fizer parte do DNA da sua marca. Mas lembre-se: todo cuidado é pouco.

Viralizar Conteúdo

Tyngu

Nós ensinamos habilidades e estratégias de Marketing Digital para ajudar pessoas e empresas a construir negócios e desenvolver carreiras. Somos uma plataforma de cursos online, que ensina as habilidades necessárias para empreendedores, profissionais, empresas de qualquer tamanho e times de vendas serem bem sucedidos na era do marketing digital.

Related Posts
Leave a reply