Inteligência Emocional: Entenda o que é e por que ela é importante para você

Inteligência Emocional: Entenda o que é  e por que ela é importante para você

Olhe para seu dia a dia e me diga: é fácil tomar qualquer decisão importante, de forma rápida e inesperada?

Como você reage a esse tipo de acontecimento? Fica ansioso? Fica preocupado?

Acredito que sim, correto? Nossas vidas, são de modo geral, preenchidas por uma série de compromissos corriqueiros, urgentes, cronometrados. É trabalho, casa, em alguns casos, filhos. Compromissos diversos que vamos encaixando ali numa brechinha, às vezes pulando almoço, ou café da manhã inclusive.

Aí chega um instante que o stress impera. A ansiedade grita. Foi mais ou menos assim que aconteceu comigo. Até 2 meses atrás eu vivia em ritmo absolutamente insano. Para quem é de São Paulo, provavelmente meu relato será sentido à flor da pele, vejam só:

6h30 |. Despertar.

6h50 |. Começar a despertar o filho, trocar roupas, por uniforme.

7h05 |. Sair para a escola

7h10 |. Caminhar até o metrô (10min) e ir 1 estação até o Terminal de ônibus Conceição.

7h20 às 8h30 |. Aguardar pacientemente o ônibus em direção a Berrini.

8h40 às 9h20 |. Chegar a EMPRESA (20 minutos atrasada, devido trânsito em todo trajeto)

9h30 às 18h | .Trabalho

18h às 20h30 |. Tempo [desperdiçado] em transporte público lotado, da Berrini até Jabaquara ( Absurdos 2h30 em média.) 

20h45 às 22h |. Meu filho vem para casa depois de passar a tarde na casa dos avós. Tarefas, Jantar, Banho e zzz*

22h30 em diante |. Botar ordem na casa, nos projetos paralelos…

Isso quando não acontecia de eu palestrar a noite, participar de eventos no meio da semana. Um ritmo frenético, que passou a sugar minha qualidade de vida, em todos os aspectos!

Comecei a refletir e AVALIAR.

Como posso fazer para organizar isso e por consequência, ter uma melhor qualidade de vida?

Conversando com algumas pessoas se lendo muitos artigos me interessei por compreender melhor o Inteligência Emocional. Algo que, vira e mexe ouvia alguém mencionar em artigos sobre produtividade profissional. O termo é muito simples, mas, você sabe O QUE | COMO | PORQUE | QUANDO?

 O QUE

O conceito criado em Psicologia,  designa INTELIGÊNCIA EMOCIONALcomo uma importante expressão emocional, que leva em consideração aspectos cognitivos como memória e resolução de problemas (por Charles Darwin).

Esse conceito foi pesquisado com mais afinco por outros importantes pesquisadores que associam a esses fatores a importância de avaliar também, aspectos não-cognitivos que torna a essência do conceito mais completa e assertiva.

“… a capacidade de perceber e exprimir a emoção, assimilá-la ao pensamento, compreender e raciocinar com ela, e saber regulá-la em si próprio e nos outros. ” (Salovey e Mayer, 2000).

COMO

  • Percepção das emoções: identificando as emoções por estímulo, como no exemplo que cito da expressão facial ou tom de voz. Com essa percepção podemos identificar mudança no estado emocional das outras pessoas.
  • Uso da emoção: capacidade de aplicar as informações emocionais para facilitar a o entendimento do contexto. Seria como, se colocar no colocar da pessoa e entender qual melhor forma de manter diálogo respeitando sua condição (feliz, triste, alegra assim por diante)
  • Entender emoções: perceber através das reações, captar as alterações emocionais.
  • Controle das emoções: nada mais é, que aplicar cada uma dessas habilidades, consigo mesmo.

PORQUE

Os porquês podem e devem ser inúmeros, mas vou compartilhar o meu: como disse lá em cima, minha vida andava de cabeça para baixo, muitas vezes me sentia perdida numa montanha-russa, apegada apenas a fatores essenciais e urgentes do cotidiano (obrigações com minhas contas, saúde e sempre meu filho!) Basicamente, não via sentido mais em levar a vida no AUTOMÁTICO daquele jeito.

Lendo sobre Inteligência Emocional expandi consideravelmente meu olhar. Passei a praticar e sentir de forma muito rápida os efeitos POSITIVOSde treinar meu COMPORTAMENTO e olhar para isso.

QUANDO

O mais fascinante nisso tudo: SEMPRE!

. Eu aprendi a respirar, e organizar meu tempo.

. Criei formas de ORGANIZAR minhas prioridades (vou ilustrar isso em outro artigo sobre PRODUTIVIDADE) e não me perder no meio das tarefas.

. Aprendi a respeitar minha INTUIÇÃO. E a AVALIAR todas asOPORTUNIDADES que chegam em minha porta. (E nisso tudo, o mais difícil tem sido chegar à conclusão que NÃO posso tudo de forma simultânea, e em alguns casos, estou tendo que desenvolver melhor as devolutivas para “NÃO será possível, por agora. ”

Para AJUDAR e complementar meu artigo, trago aqui para vocês duas coisas bem BACANAS!

TESTE | “Você tem inteligência emocional?

GLOSSÁRIO | “Inteligência Emocional e seu termo. ”

Gostaram?

Procuro compartilhar com vocês aquilo que aprendo, conheço, estudo. Esse tópico é apaixonante, é uma dos que trabalho nas minhas consultorias. E sempre é muito positivo os reflexos que acontecem à medida que começamos a olhar mais para isso.

Aproveito para AGRADECER muito. Vocês leitores têm sido INCRÍVEIScomentando e enriquecendo ainda mais cada uma das publicações que tenho feito. Isso é muito especial!

Beijos, Tatti …

Tatti Maeda

Publicitária com foco em Gestão de Negócios, especializada em Redes Sociais e Inovação Digital [ESPM] e Branding [Belas Artes]. Por 3 anos atuo em Agências Digitais [Trianons Brasil, Daybook, MeshuUp Digital] .Nos 2 últimos ano, atuou na área de Consultoria do ReclameAQUI atendendo WalMart, Peixe Urbano,Hotel Urbano, B2W Digital. É palestrante e consultora de Marketing Digital [apaixonada] <3 ! Instagram | @socialmediaemotion

Related Posts
Leave a reply