Conteúdo para Social Media: Pare de copiar e comece a criar!

Conteúdo para Social Media: Pare de copiar e comece a criar!

Às vezes me pego pensando no atual momento das redes sociais e tento analisar o futuro. No cenário atual, uma coisa que podemos ver é: A CRIATIVIDADE ESTÁ ESCASSA. Quando uma campanha dá certo, ao invés de pensarem em algo tão bom quanto, vários publicitários e criadores de conteúdo fazem o mais fácil e cômodo. Simplesmente copiam.

Com isso, o ambiente de troca de informações e interação das mídias sociais, vem se tornando monótono e sem graça. Os social medias não se preocupam mais em criar algo diferente ou fazer algo novo. Eles, hoje em dia, se preocupam somente em ser um dos primeiros a seguir a onda e a publicar o meme. Não ligam tanto para inovação e se sentem competentes por “pelo menos” conseguirem seguir a tendência na internet. Será isso suficiente para um bom resultado do seu cliente? Pessoas vão realmente lembrar dessa ação?

Quero que esse texto sirva como uma provocação ao mundo Social. Que tal tentarmos inovar? Que tal pararmos minuto para estudar funções que as redes têm e com isso pensar e uma ação inovadora e que pode virar tendência? Ser social media não é só usar usar o Facebook, ter um bom texto e saber analisar métricas. Ser Social Media também é entender a plataforma como um todo e analisar a experiência do usuário. E essas duas últimas características são essenciais para a formação de um bom profissional. Você não será um ótimo social media por só ser um heavy user de Redes Sociais, se não souber analisar o comportamento das pessoas em um plataforma social. Lembre-se que as conexões sociais são formadas por pessoas, e como cada pessoa tem sua peculiaridade, cada conexão também tem.

Apesar de vários profissionais ainda não fazerem isso, é essencial que o criador de conteúdo aproveite mais das métricas. Para conseguir um melhor resultado de conteúdo devemos seguir a regra dos 3 A’s: Acompanhar, Analisar e Aplicar.

Primeiro você acompanha o que falam sobre você, sobre concorrentes, sobre o seu mercado e sobre o mercado como um todo, por meio de ferramentas de monitoramento. Destaque as novidades e as tendências. Elas irão servir de inspiração para o seu conteúdo e para suas ações.

Depois analise esse monitoramento, e mensure aquilo que faz bem e o que faz mal para a saúde da marca das redes sociais. Analise no que você é melhor que seu concorrente e de que maneira você pode abordar esse diferencial nas redes sociais.

Para finalizar, aplique o que você absorveu nos dois passos anteriores, utilizando a sua criatividade. Nessa etapa, a sinergia de mídias é muito importante para um bom desempenho. Independente da mídia que for usar, lembre-se das possibilidades multimidiaticas que as plataformas sociais te oferecem.

Dessa maneira, podemos ver que a criatividade não tem geração espontânea. É baseada em pesquisa. Por isso, deixo aqui meu recado: Para que tenhamos mais CRIATIVIDADE, devemos ANALISAR mais. Se você faz isso e segue a regrinha dos 3 A’s pode te certeza que as ideias vem mais rápido e a criatividade irá aflorar de maneira mais fácil.

Douglas Gomides

Já tendo trabalhado na Europa e no Brasil, Douglas Gomides é um estrategista em Marketing Digital com mais de 6 anos de experiência. Ele também ministra cursos por todo país pela sua empresa Campfire Digital Knowledge. Além disso, o especialista é colunista no Mídia Publicitária e do ComSchool.

Related Posts
Leave a reply