Conteúdos notáveis: Por onde eles andam?

Conteúdos notáveis: Por onde eles andam?

Como diria Marisa Monte: estou com sintomas de saudades. (música: A sua)

Hoje acordei com vontade de ler e ouvir mais sobre marketing de conteúdo, ou sobre o conteúdo no marketing. Sinto que ele perdeu espaço para tantos novos temas atrativos sobre o marketing digital e presença na web, e isso me trouxe uma reflexão; Será mesmo que estamos destinando a atenção necessária para o core das estratégias de inbound marketing?

Leio (e escrevo) artigos sobre as últimas novidades em SEO, sobre como aumentar e melhorar seus resultados de vendas, sobre as melhores ferramentas de marketing, sobre produtividade e equipes, e outros tantos temas relevantes para investidores e gestores que buscam novos patamares de sucesso, mas tenho visto poucos artigos sobre os apaixonados por conteúdo.

Mas se todo mundo está tão ocupado vendo métricas, resultados, estratégias e afins, quem afinal está escrevendo, planejando ou avaliando o que está sendo escrito?

SOBRE QUEM ESCREVE

Tenho bons amigos e colegas da área de jornalismo. Percebo que o mercado está aquecido para eles também, muita demanda em artigos, e-books, whitepapers e conteúdo institucional, e isso é ótimo.

Jamais colocaria em xeque suas competências, mas até o mais graduado dos profissionais precisa saber para quem está escrevendo,  e por que está escrevendo, e é nesta hora que a metodologia volta à tona e chama para a responsabilidade os profissionais responsáveis por desenhar e planejar as estratégias de marketing .

É SEMPRE BOM VOLTAR ÀS ORIGENS

Nossa última semana foi de intenso treinamento. Estamos redefinindo estruturas e processos internos, e para poder explicar, foi preciso mais que a prática do dia a dia, foi preciso reavivar os conceitos e explorar os principais fundamentos da metodologia inbound.

Entre slides e demonstrações práticas, os tópicos de maior interesse e dúvidas foram pertinentes aos Buyer Personas e Buyer’s Journey,  e sem dúvida alguma validamos a importância de atrelar o mapeamento dos conteúdos a esses estudos.

De acordo com informações do ITSMA, 44% das empresas utilizam os buyer personas como aliados do seu negócio, porém 85% não os utilizam com efetividade. E o Buyer Persona Institute complementa que o problema não está nas habilidades de quem deve utilizar os personas, mas sim na competência de quem pesquisa e constrói.

PARA QUEM, POR QUE E COMO

Conteúdos inbound foram feitos para encantar.

Gosto muito da palavra usada pela HubSpot para definir excelentes conteúdos: REMARKABLE, que pode ser traduzido como notável ou marcante. Mas acho que as palavras em português não expressam quão efetivo deve ser esse conteúdo, e talvez não deixem claro porque é tão importante que ele seja mesmo incrível.

O conteúdo criado deve ser efetivo e realmente ajudar o leitor a resolver o seu problema, afinal, ele está pesquisando por uma solução, tem sede de informação relevante e quem está à frente de conteúdo precisa saber disso.

E como fazer isso? Existem metodologias que já provaram sua eficácia, o inbound é uma delas. Seguir as etapas e manter a atenção e sensibilidade às pessoas que estão recebendo esse artigo é uma das chaves de sucesso.

ENTÃO, VAMOS CONTINUAR FALANDO SOBRE CONTEÚDO?

Marketing de conteúdo não é uma tendência, é uma realidade efetiva de sucesso, e por isso não vamos parar de escrever e mencionar o quanto ele é relevante.

Produzir conteúdo está muito além de escrever artigos e e-books em massa. Avalie se o que está sendo produzido é de fato o que vai chamar atenção da sua audiência e se todo esse esforço está sendo convertido em leads e clientes.

As pessoas estão muito mais atentas a tudo isso, portanto teremos compradores cada vez mais bem informados que seguramente vão escolher quem serão seu melhores parceiros de negócios, clínicas médicas ou até mesmo qual será seu melhor produto para cabelo.

O que importa aqui é que eles estão com o poder de decisão, e você está com a oportunidade de oferecer a melhor informação e solução.

Este conteúdo foi escrito por Cris Assis, Inbound Marketing Especialist da Agência Inbound. Você pode conferir o artigo original aqui: http://www.agenciainbound.com.br/blog/por-onde-andam-os-conteudos-notaveis

superstorm

Related Posts
Leave a reply