5 mentiras sobre o marketing de conteúdo

5 mentiras sobre o marketing de conteúdo

Não sei se isso já aconteceu com você, mas quando comecei a estudar sobre o que é Marketing de Conteúdo e como usá-lo a favor das estratégias dos meus clientes, comecei a ler muitos artigos, eBook, assistir webinários, palestras e por ai vai…

Percebi que existem muitos truques para obter mais tráfego para o seu blog, mas tudo é sempre repleto de fórmulas aparentemente mágicas. Parece que essas estratégias sempre vão trazer bons resultados: listas de pessoas interessadas no que você tem a oferecer, seguidores fiéis, likes e mais likes… Só que não.

Algumas coisas podem trazer mais resultados do que outras. De repente você consegue se comunicar melhor com o seu público através do Instagram do que o Facebook. Mas como descobrir isso? Não tem segredo, gente. O negócio é planejar, aplicar, avaliar e melhorar sempre.

Essa regra funciona para muitas áreas, inclusive para a gestão de conteúdo nas redes sociais.

Digo isso porque segui essa regra e constatei algumas coisas que podem ser observadas no infográfico abaixo.

Mas antes de lermos ele, vamos continuar o nosso papo por aqui…

Para exemplificar melhor, gostaria de destacar a frase que o Bill Gates citou em um momento inspirador:

“O conteúdo é rei.” – Bill Gates

Se um guru como o Bill (para os íntimos) diz isso, então nós devemos apoiar a causa e criar teorias  para que esta profecia seja cumprida.

Viram como a mágica acontece?
Algumas frases são realmente impactantes, nos marcam e servem como inspiração.

Não estou aqui para dizer o contrário.

O fato que quero trazer para discutirmos é até que ponto vale a pena endeusar algo como uma verdade absoluta.
Quantas vezes repetimos algo porque ouvimos um guru dizer?

A questão é: questione-se. Invente e reinvente-se.

Mas isso também pode ser uma tarefa delicada.

Recentemente estive em um evento justamente sobre Marketing de Conteúdo e assisti a palestra de uma profissional falando sobre um tema, que sinceramente não tinha o menor cabimento, pelo menos para mim, não fez sentido algum.

Ao escutá-la, pensei: “Então quer dizer que eu posso pegar alguma coisa pronta, para não dizer óbvia, invento um nome diferente, me aproprio dela e vendo a ideia como algo inovador e revolucionário?”.

Pode ser que para algumas pessoas seja inovador, mas como eu fiz esse exercício e me questionei, parece que não colou… Então bola para frente.

Outro fato que gostaria de trazer para a nossa reflexão. Marketing de conteúdo funciona sim, mas requer esforço, planejamento e energia.

O Neil Patel tem mais de 20 pessoas em sua equipe de roteiristas que escrevem conteúdo todos os dias.

Eu sou apenas uma pessoa normal, com as duas mãos, duas orelhas, dois olhos e uma boca. Até ai, Neil Patel e eu podemos ser iguais, mas o que me torna diferente dele é o fato de eu não ter uma equipe para gerar o meu conteúdo.

Podemos ter profissionais referências e que sejam nossa fonte de inspiração, mas lembre-se: não se compare. Trabalhe com os recursos que você tem, mas sem se acomodar. Não é porque não sou o Neil Patel que não posso me dedicar a escrever um conteúdo memorável, certo?

Em resumo, o objetivo desse post e desse infográfico é lembrar que você é capaz de fazer o que quiser, sem perder a sua essência.

Referências são sempre bem-vindas. Afinal de contas, para que inventar a roda? Mas lembre-se de ter bom senso também e questione-se sempre que você quiser fazer algo diferente. Isso te ajudará a buscar novas ideias.

Sem mais delongas, vamos ler o infográfico?

Boa leitura.

Infográfico: 5 mentiras sobre o marketing de conteúdo

Espero que tenha gostado e se quiser, deixe um comentário para conversamos mais sobre o assunto, combinado?

Priscila Stuani

Impulsionadora de negócios, Social Media apaixonada pelo poder do bom conteúdo, instrutura no Alura Cursos Online e facilitadora do aprendizado emergente. Depois de atuar no mercado de serviços B2B por 7 anos, estou focada em apoiar empreendedores, pequenas e médias empresas na busca por resultados através da criação de um posicionamento consistente no ambiente digital para impulsionar seus negócios por meio da criação de autoridade e fortalecimento de comunidades. Ajudo empresas de pequeno e médio porte criarem presença digital no Twitter, Facebook, Instagram e LinkedIn.

Related Posts
Leave a reply