Growth Hacking: Uma estratégia de crescimento para sua empresa

Growth Hacking: Uma estratégia de crescimento para sua empresa

Growth Hacking é um termo usado para definir um modelo inovador de estratégia de marketing, que combina criatividade com métricas e que foi desenvolvido espontaneamente por startups do Vale do Silício com foco em crescimento na virada dos anos 2000. Apesar de ser bem conhecido e aplicado nos Estados Unidos, esse é um modelo praticamente novo no Brasil, por isso, apresenta diversas oportunidades.

O Growth Hacking procura por estratégias mais eficazes e com menores custos para a empresa crescer em resultados.

Essa é uma área que combina conhecimentos do marketing, psicologia e engenharia para encontrar novos caminhos e possibilidades dentros dos próprios processos da empresa e no mercado em que está inserido. Quer entender melhor o que é growth hacking? Então continue lendo …

O que é Growth Hacking?

Growth, em português, significa crescimento. Já hacking é um termo com significado um pouco mais amplo e, muitas vezes, negativo. Ao ver essa palavra muitas pessoas a ligam com pessoas que utilizam táticas ilegais para prejudicar corporações e pessoas. No entanto, diferente do que senso comum, a palavra hacking não tem necessariamente a ver com criminosos ou nenhuma atividade. O hacker nesse caso encontra novos atalhos para dialogar com o público e aumentar o alcance da marca, ficando à frente da concorrência por inovação e diferenciação.

O termo foi primeiro utilizado por Sean Ellis, em 2010, que definiu growth hacker dessa maneira em seu blog:

“Uma pessoa cujo verdadeiro norte é o crescimento. Tudo o que eles fazem é analisado pelo seu potencial impacto em uma escalada de crescimento”

Esse profissional vem se tornando uma figura significativa no ambiente de novas e já consolidadas empresas. Focado em crescimento, o growth hacker busca novos meios para inovar e destacar a empresa.

Em poucas palavras, o growth hacking é uma forma de organizar o trabalho, melhorar o desempenho e manter o foco de todos os membros do seu time para atingir algo, de fato, eficaz.

Vantagens de trabalhar com Growth Hacking

Por ser bem diferente do marketing tradicional, essa estratégia envolve um conhecimento mais apurado de hábitos, comportamentos e tendências dos consumidores. As mensagens são inseridas naturalmente, sendo incluídas de forma tranquila na rotina do usuário. Ficam espalhadas nas redes sociais, no trânsito de e-mails, e são amplamente utilizadas.

Como adotar o Growth Hacking

Antes de prever qualquer tipo de resultado com growth marketing, toda ação demanda uma coisa: estratégia. Para quebrar barreiras é preciso entendê-las, por isso, todo profissional que deseja se destacar nesse setor deve customizar seus objetivos e metas à sua capacidade de produção. Por exemplo, não há como criar mecanismos para gerar mais conversões se você não possui visitantes para primeiramente convertê-los em leads.

Seja sua empresa uma startup, B2B ou B2C, essa tática ajuda a incorporar e customizar o sucesso à uma corporação.

  • Aperfeiçoar o produto: Para determinar o possível sucesso ou fracasso de um produto no mercado, analisar as necessidades e preferências dos consumidores é ponto central nessa tarefa. É importante ter certeza que a oferta corresponde à expectativa do público.
  • Definir objetivos mensuráveis: O trabalho de um growth hacker em grande parte do tempo refere-se a números, ter afinidades com dados é fundamental para projetar objetivos mensuráveis. Essa abordagem irá ajudar a focar e maximizar seu tempo em testes e refinamento de sua abordagem.
  • Teste sua abordagem: Growth hacking é guiado e nutrido por criatividade e experimentação. Testar permite saber o que dá certo ou não. Não deixe de testar, descartar o que não deu certo e otimizar o que deu certo.
  • Análise de performance: Análise é o coração de todas as atividades de um growth hacker. À medida que você mapeia seu progresso, esses dados também podem ser usados para ajustar e adaptar do processo de sua empresa.
  • Otimização: Gerar e analisar dados é de extrema importância, mas o que fazer com eles? Em toda análise os números dizem algo e esse é o papel de um bom growth hacker. Entender os caminhos que os números indicam e como melhor explorar essas oportunidades.

Como a empresa cresce com Growth Hacking?

Com bastante monitoramento, análise de métricas de dados e pesquisas de comportamento, o Growth Hacking não só identifica oportunidades de crescimento rápido como auxilia o restante da equipe.

Para que ele tenha um bom desempenho, no entanto, é bom se lembrar que essa técnica é momentânea: não é porque serviu para um determinado problema da empresa que vai servir futuramente em outras oportunidades.

Cases de sucesso envolvendo o Growth Hacking

Ao permitir que seus usuários criassem perfis públicos e, devido a isso, fossem mais facilmente encontrados em ferramentas de busca, o LinkedIn aumentou a sua visibilidade e cresceu de 2 milhões para 200 milhões de usuários. Por simplificar a busca por nomes, perfis profissionais e empresas, a rede social passou a ser mais procurada por pessoas interessadas em terem seu perfil destacado nos sites de busca.

Quando começou, já implementou uma estratégia inovadora: a sincronização de arquivos em diversos computadores. As técnicas utilizadas para o seu crescimento, como vídeos explicativos, são usadas até hoje por diversas startups que procuram alcançar o sucesso. Conhecer o interesse do público e fazer o que ele realmente espera por meio de conteúdo de qualidade é um dos motivos que fizeram do site de armazenamento de arquivos uma das maiores empresas da atualidade.

Por ser pioneira no seu negócio, e, por isso, não ter concorrentes, a startup cresceu o seu fluxo de usuários de uma forma muito rápida e abrupta. Por causa disso, fez com que o Growth Hacking fosse considerado spam e, consequentemente, proibido pelo Craigslist. Entretanto, a estratégia não acabou por aí: como se utiliza de criatividade e pesquisa dos usuários de forma profunda e completa, a ferramenta tem crescido cada vez mais ao redor do mundo.

Como visto nas dicas e exemplos de casos de sucesso acima, o Growth Hacking é uma das estratégias mais eficientes do universo do marketing digital. Veja como iniciar um investimento de peso nesse modelo.

Ao atrair o consumidor com um conteúdo que o interessa e analisar sempre as métricas, o Growth Hacking mostra-se uma tendência cada vez mais usada no País.

Gostou de saber mais sobre essa estratégia de marketing? Você já aplica essa ideia em sua empresa? Então comente no post e compartilhe conosco a sua experiência!

Este artigo foi escrito em parceria com a Agência Inbound.

 

superstorm

Related Posts
Leave a reply